O querigma é o anúncio alegre e incisivo de Jesus. O Documento de Aparecida estimula a proclamação do querigma como anúncio central e fundamental para crer em Cristo; anúncio do Reino que começa com sua chegada, anúncio da salvação, do destino humano à vida eterna, da vivencia da fé fraterna na comunidade.

A raiz etimológica da palavra querigma está no grego clássico khrix (kerix), que significa proclamador, arauto, mensageiro, embaixador. A palavra designa o ato de proclamar, de anunciar um grande acontecimento, a chegada a salvação realizada em Jesus. Significa também o centro ou núcleo da alegre mensagem cristã: o mistério da morte e ressurreição de Jesus.

A identidade do querigma pode ser compreendida por meio da mensagem proclamada: a boa nova de Jesus Cristo, a conversão, o poder de Deus que age nas pessoas. Com o querigma se realiza o acontecimento da potência de Deus, ou seja, o próprio vocábulo querigma significa também explosão, potência difusiva.

O querigma é o anúncio do nome, do ensinamento, da vida, das promessas, do Reino e do mistério pascal de Jesus de Nazaré, Filho de Deus, que acompanha todo o processo da evangelização. Os desafios deste anúncio é que reascendem a Igreja em cada etapa histórica. O querigma é proclamação para suscitar a fé nos ouvintes e manter acesa a chama do Espírito de Deus que transforma a face da terra e converte os corações. O anúncio fundamental é diálogo de liberdade no qual a pessoa é convidada a responder, abrindo-se ao mistério de Cristo, e conforme a resposta, se for de adesão, o querigma introduz ao caminho do discipulado.

Portanto, o querigma não é uma informação neutra, como se seria possível ouvi-la e depois esquecê-la: é o anúncio de um acontecimento envolvente, sem o qual a vida da pessoa não pode ser compreendida nem vivida sensatamente. O querigma possui um caráter crítico que leva a um confronto, é provocador, deixa inquietações e pede uma resposta do ouvinte. Ele quer conduzir a pessoa pelos caminhos do Senhor.

Na próxima edição retomaremos o assunto, aprofundando o conteúdo e a metodologia do Querigma. Envie também sua dúvida que poderá ser respondida na próxima edição do jornal, escreva e-mail para robertobocalete@hotmail.com. Obrigado e até o próximo mês.

Pe. Roberto Bocalete
Administrador Paroquial da Paróquia São João Batista – Américo de Campos

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Conteúdo relacionado

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.