Igreja no Mundo › 25/01/2018

Audiência

Vinte e cinco crianças de Nápoles, doentes de leucemia e outros tipos de câncer, receberam o abraço e a bênção do Papa. Os pequenos são assistidas pela Associação ‘Anjos guerreiros da Terra dos Fogos’ e vieram ao Vaticano acompanhados por seus pais.

Cidade do Vaticano

Vinte e cinco crianças de Nápoles, doentes de leucemia e câncer, receberam o abraço e a bênção do Papa na manhã de quarta-feira (24/01), antes da audiência geral. Assistidas pela Associação ‘Anjos guerreiros da Terra dos Fogos’ e acompanhados por seus familiares, encontraram Francisco na Sala Paulo VI, protegidos do frio.

“Um gesto delicado e paterno” – comentou ao Osservatore Romano Concetta Zaccaria, responsável da Associação. Duas destas crianças acabaram de sofrer transplante de medula e outras estão muito enfraquecidas pelos efeitos da terapia.

Todos prepararam pequenos dons para o Papa,disse Zacarias.

“ Mas o presente maior foi ele que nos fez, dando-nos a força para continuar a lutar ”
Ela ainda explicou que “no encontro com o Papa, as crianças e suas famílias depuseram enormes esperanças de encontrar a coragem para continuar a travar a batalha contra a doença”.

“Por nosso lado – acrescentou – tentamos estar-lhes próximos e conosco, estão tantos pais que viram seus filhos morrer nesta terra tristemente conhecida onde a contaminação ambiental causa novas vítimas todos os dias, sobretudo crianças”.

Depois da audiência com o Papa, o grupo almoçou na ‘Ilha solidária’, uma estrutura que oferece há 50 anos hospitalidade a detentos com licença especial para passar algumas horas ao ar livre trabalhando na terra e cuidando de animais.

Os detentos prepararam o almoço para os hóspedes – cerca de cem pacientes oncológicos, pais e acompanhantes – e organizaram uma festa para todos.

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.