› Breve história de quase tudo: do big-bang ao Homo Sapiens

O livro “Breve história de quase tudo”, do jornalista americano Bill Bryson, tenta ser como que uma grande reportagem da história da existência, desvendando os meandros da realidade, desde as origens cósmicas do Big-bang até a natureza e constituição dos seres vivos, chegando ao surgimento da espécie humana, a cerca de 200 mil anos atrás. O autor, com maestria, apresenta a história da formulação das diversas teorias científicas que explicam o surgimento e o funcionamento da realidade física, bem como da diversidade e complexidade biológica que se revela na natureza da nossa biosfera terrestre, enfrentando perguntas aparentemente triviais e curiosas acerca da origem do universo e da sua forma inicial, do peso e da idade da Terra, do que acontece no interior de um átomo, da natureza dos oceanos, da existência de vida na biosfera terrestre, e levantando outros questionamentos em relação ao progresso das ciências na solução de problemas até hoje não resolvidos.

Deste modo, o livro todo se desenvolve como um tratado divertido e informal de história das diversas teorias científicas que explicam a realidade e o funcionamento do nosso mundo, com as tentativas, erros e acertos de cientistas, exploradores, pensadores e até pessoas comuns que debruçaram sobre o mistério da existência e da vida.

O autor consegue cativar e manter o leitor interessado ao longo das 540 páginas do livro, sem cansar ou perder o interesse pela leitura. Consegue, além disso, abordar temas com a necessária profundidade, sem cair em linguagem excessivamente técnica e inacessível, mas ao mesmo tempo esclarecedora para a maioria dos leitores.

“Breve história de quase tudo: do big-bang ao Homo Sapiens” – Bill Bryson (São Paulo: Companhia das Letras, 2005)

Pe. Leonel Brabo
Reitor do Seminário Maior Diocesano

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online