› À procura da felicidade

Assisti e recomendo - À procura da felicidadeNão assisto muito a filmes e seriados, mas dentre os que já assisti, este filme me marcou fortemente. Baseada em fatos reais, a história é emocionante e envolvente.

Como personagem principal, Will Smitt. Este talentosíssimo ator dá vida a Chris Gardner, um pai de família que passa por sérias dificuldades financeiras e luta para manter a família unida. Diante de todos os problemas, sua esposa, Linda (Thandie Newton) decide partir e Chris, agora sozinho, tem de cuidar do filho, Christopher (Jaden Smith), de cinco anos.

Vivendo como que um dia após o outro, Chris tenta vencer as dificuldades atuando como vendedor de scanner de ossos, mas não obtinha sucesso nas vendas. Junto com o filho, foi despejado do apartamento no qual morava por não conseguir pagar o aluguel, passou noites em albergues, numa estação de trem e onde mais via que dava para dormir. Finalmente, depois do suplício que parecia não ter fim e solução, graças à sua habilidade com matemática, foi efetivado numa bolsa de valores onde já trabalhava há alguns meses como estagiário não-remuneração. É aí, então, que sua história começa a mudar.

Apesar de todo o drama da história, o humor é garantido em vários momentos. O personagem nos dá uma grande lição de esperança, fé e confiança. Marcante nesse sentido, é o que Chris diz a Christopher em certo momento: “Nunca deixe que alguém te diga que não pode fazer algo. Nem mesmo eu. Se você tem um sonho, tem que protegê-lo. As pessoas que não podem fazer por si mesmas, dirão que você não consegue. Se quer alguma coisa, vá e lute por ela. Ponto final.”.

À procura da felicidade: assisti e recomendo!

Paulo Castro
Jornalista

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online