Câmara vota permuta de área para hospital

Em sessão extraordinária na manhã desta quinta-feira, 7, os vereadores de Rio Preto votam, em urgência, projeto de lei que corrige número da matrícula de área que será vendida pela Prefeitura em contrapartida da construção de um hospital municipal na zona norte. Se a lei for aprovada, o prefeito Edinho Araújo (MDB) deve abrir, já nesta sexta-feira, 8, a licitação para a construção do hospital, orçada em R$ 25 milhões.

A Prefeitura vai corrigir texto de lei aprovada anteriormente pelos vereadores que autoriza o município a alienar imóvel sob a forma de permuta, como contrapartida mínima pela empresa que vencer a licitação para a construção do hospital.

A correção proposta está no número da matrícula da área a ser permutada pelo Executivo. De acordo com o presidente da Câmara, Paulo Pauléra (PP), a alteração é necessária para evitar possíveis questionamentos futuros quando a escritura e o registro forem feitos no cartório. “O prefeito pediu essa sessão extra para fazer a correção e atendemos o pedido para evitar qualquer tipo de problema com a venda da área”, disse Pauléra.

A ideia do governo é vender área de aproximadamente 150 mil metros quadrados, cujo comprador vai arcar com as despesas da construção do novo hospital, localizado em terreno com 19 mil metros quadrados, no Parque Residencial Atlântica, próximo dos bairros Cecap e Eldorado, depois da avenida do linhão da CPFL. O local pode ser acessado pela avenida Alberto Olivieri e pela rua Mansur Buchdid.

A expectativa do governo é de que a proposta seja aprovada hoje na Casa de maneira unânime. “A aprovação do projeto é necessária para a abertura da licitação para garantir a construção do hospital na região norte”, afirmou o secretário de Governo, Jair Moretti.

Ano eleitoral

O novo hospital deverá ser construído em 2020, quando Edinho tentará a reeleição em outubro. De acordo com a legislação eleitoral, ele ficaria proibido de participar de inauguração, qualquer que seja, nos três meses que antecedem as eleições.

Fonte: Diário da Região

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.