Na polícia, secretária nega fraude, mas admite falha

Ivan Feitosa/Pref. Rio Preto. Prefeito Edinho Araújo e secretária Cléa Bernadelli durante evento

Diário tem acesso ao teor do depoimento da secretária de Esportes de Rio Preto, Cléa Bernardelli, alvo de investigação da Polícia Civil acusada de inserir dados falsos no portal da Transparência

No depoimento que prestou no dia 28 de janeiro, na sede da Delegacia Seccional de Rio Preto, a secretária de Esportes, Cléa Bernardelli, admitiu que houve um “equívoco” na inserção de informações no Portal de Transparência da Prefeitura de Rio Preto. O Diário teve acesso ao conteúdo da declaração da secretária do prefeito Edinho Araújo (MDB) ao delegado assistente da Seccional José Luiz Barboza Júnior.

Cléa é alvo de inquérito policial requisitado pelo promotor de Justiça Fábio Miskulin em que são apurados os supostos crimes de falsificação e supressão de documentos do portal, conforme foi relatado pela Comissão Especial de Vereadores (CEV) que apontou modificações de informações referentes a pagamentos do programa auxílio-atleta, inclusive, a professores sem a qualificação exigida para exercer o cargo. A comissão foi presidida por José Lagoeiro (DEM).

Para o delegado, a secretária não admite que houve falsificação, mas que “realmente houve um equívoco no preenchimento quanto a categoria dos profissionais ali discriminados”. Ela menciona que professores foram registrados no sistema como “coordenadores”.

“Sendo tais erros de preenchimento corrigidos com a retirada momentânea do portal do ar”, afirmou Cléa no depoimento. Ela afirmou que, no seu entendimento, as alterações das informações poderiam ocorrer sem autorização do Tribunal de Contas do Estado (TCE) ou da própria Justiça.

A secretária de Esportes citou o nome da coordenadora Daniela Carvalho, identificada por ela como sendo a “responsável pelo departamento de esportes comunitários” e incumbida de receber os relatórios mensais dos professores e inseri-los no portal. Cléa admitiu que não possui “controle absoluto sobre os dados” já que acreditava na coordenadora.

Cléa e outros ex-secretários de Esportes são réus em ação por possível irregularidades ocorridas na gestão do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) referente ao auxílio-atleta entre 2009 e 2016.

Conceito vago

Durante o depoimento, a secretária admitiu ainda que a lei que criou o auxílio-atleta possui “conceitos muito vagos” e que, na opinião dela “necessitaria de uma melhor regulamentação em todos os seus critérios”. E justifica o motivo: “a fim de dar maior transparência no momento da prestação de contas sobre os valores utilizados para pagamento dos profissionais que recebem tal benefício”.

Cléa afirmou ainda que sugeriu ao governo Edinho um decreto para regulamentar a concessão do benefício. A secretária assumiu o compromisso de entregar à polícia todas as planilhas avaliadas pela comissão de vereadores. Ela afirma que os documentos vão comprovar que houve “apenas a modificação dos cargos dos profissionais que recebem o benefício”. “Não havendo em nenhum deles alteração de valores”.

A polícia quer usar os documentos para verificar pagamentos feitos aos professores Cláudio Neves Fontoura, Célia Trídico Roberto e Onivaldo Fusco – este último nem teria formação em educação física, de acordo com o Conselho Regional de Educação Física do Estado de São Paulo. Todos eles também já prestaram depoimento no inquérito.

Cléa foi procurada neste sábado, 15, para falar sobre o conteúdo do seu depoimento. Ela, no entanto, não respondeu aos questionamentos feitos pelo Diário. A reportagem não encontrou o advogado da secretária.

Desde quando o caso veio à tona integrantes do governo do prefeito Edinho defenderam a manutenção dela no cargo. Um dos argumentos usados é de que ela não foi indiciada ou sofreu condenação na Justiça que levasse a possível exoneração de Cléa, que é funcionária de carreira, da função.

(Colaborou Vinícius Marques)

Fonte: Diário da Região

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.