Operação investiga desvio de verbas em todo o Estado

Operação da PF busca suspeitos de desvios e fraudes em merenda escolar
CLAYTON DE SOUZA / Estadão Conteúdo – 13/09/2010

Policiais federais cumprem mandados de prisão e busca e apreensão em 27 cidades do estado de São Paulo, incluindo Rio Preto

A Polícia Federal deflagou nesta terça-feira, 26, a operação ‘Cadeia Alimentar ll’, para cumprir 55 mandados de busca e apreensão e 27 mandados de prisão expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal de Ribeirão Preto. Dentre os mandados, um está sendo cumprido em Rio Preto.

Segundo informações da PF, a investigação apura irregularidades em procedimentos licitatórios e desvios de verbas relacionados à compra de merenda escolar em aproximadamente 50 municípios do estado de São Paulo.

Além de Rio Preto, policiais também cumprem mandados na região, na cidade de Barretos.

As medidas executadas nesta terça, visam coletar elementos que complementam as informações obtidas em colaboração premiada formalizada por dois investigados junto a Polícia Federal e Ministério Público Federal, após a primeira fase da investigação operação ‘Cadeia Alimentar’, em maio de 2018.

Na operação participam mais de 240 policiais federais que cumprem mandados de prisão e busca e apreensão em 27 cidades do estado de São Paulo.

Entre os alvos da operação estão empresários, lobistas, servidores e ex-servidores públicos, uma vereadora, ex-prefeitos, secretários e ex-secretários de Governo. Os mandados de busca são em residências, empresas, três prefeituras e uma Câmara dos Vereadores

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de organização criminosa, fraude à licitações, falsidade ideológica, corrupção ativa, prevaricação e corrupção passiva cujas penas, somadas, podem chegar a 28 anos de prisão.

Uma coletiva de imprensa está marcada para esta terça-feira, onde policiais federais passarão detalhes sobre as investigações.

(Colaborou Luciano Ramos)

Fonte: Diário da Região

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.