Paróquia Santo Antônio de Pádua

Paróquia Santo Antônio de Pádua
  • Fundada em:  
    13/06/1986
  • Cidade:  
    Mirassolândia
  • Endereço:  
    Praça José Brigatti Massaro nº413
  • Bairro:  
    Centro
  • Cep:  
    15145-000
  • Fone:  
    (17) 3263-1160
  • Pároco:  
    José Carlos de Siqueira



Matriz
Domingo: 8h e 19:30h
Quinta-feira: 20h  (Rede de Comunidades)
Capelas
Nossa Senhora da Conceição Aparecida – Sábados às 19:30h
Senhor Bom Jesus da Lapa – Toda 1ª terça-feira do mês às 20h
Nossa Senhora de Fátima – Todo último domingo às 10h

Atendimento da Secretaria Paroquial
Segunda a sexta – 8h às 11h e das 13h30 às 18h
Confissões
Quarta e Sexta-feira – das 15h às 17h

Batizados
Todo 3º Domingo do mês

A cidade de Mirassolândia nasceu no ano de 1925. Naquele tempo, Antônio Batista Rodrigues desentendeu-se com alguns dirigentes dos festejos de São Sebastião, padroeiro de Ipiguá, cidade fundada por ele. Desse desentendimento, resolveu ajudar a Capela Nossa Senhora da Conceição Aparecida do Bairro Macaúbas, que naquela época já existia, havia a capela e várias casas de pau-a-pique. Uma vez por mês, o padre vinha celebrar em Ipiguá, depois vinha até Macaúbas, rezava e ia embora. Antônio Batista Rodrigues achava Macaúbas muito longe de Ipiguá e resolveu fundar outro povoado. Doou um pedaço de suas terras a Santo Antônio e junto com alguns amigos, dentre eles o carpinteiro Joaquim Antônio Pinheiro, Eugênio Ponchio e Serafim Bortolozo, levantaram o Cruzeiro e construíram a primeira Capela que era muito pequena.

Não se sabe ao certo, mas acredita-se que a primeira missa foi rezada no dia 13 de junho de 1925, pelo Monsenhor Joaquim Manoel Gonçalves, na época pároco da Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em frente ao Cruzeiro.

A Construção da Capela teve início em sistema de mutirão, logo após ter sido celebrada a primeira missa, tinha ela quatro (04) metros de largura e cinco (05) metros de comprimento. O nome do Padroeiro Santo Antônio de Pádua, foi escolhido por ter o mesmo nome do doador do terreno, Antônio Batista Rodrigues. A Igreja atual é a terceira a ser construída, por volta dos anos 50 e foi abençoada por Dom Lafayete Libânio, primeiro Bispo da Diocese.

Em 13 de junho de 1986, memória litúrgica de Santo Antônio, através do Revmo. Sr. Padre José Pelegrine, delegado por Dom José de Aquino Pereira, segundo Bispo de Rio Preto, fez-se a leitura do Decreto Episcopal, relativo a criação e instalação da mais nova paróquia da Diocese e também deu posse ao primeiro pároco Padre Siro Silvestrini, que não residia na Paróquia e sim em São José do Rio Preto – Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus.

2º Pároco: Padre Aparecido Donizete Marteli (1º a residir na paróquia) 08 de fevereiro de 1987;

3º. Padre Lino Alves Ferreira – 26 de janeiro de 1990;

4º. Padre José Luis Garcia de Albuquerque – 24 de agosto de 1992;

5º. Padre José Pez – Administrador paroquial – 08 de agosto de 1995;

6º. Padre José Rubens Domingues – Administrador paroquial – 06 de janeiro de 1996;

7º. Padre José Rubens Domingues – Pároco – 31 de dezembro de 1997;

8º. Padre José Eduardo Vitoreti – Vigário – 02 de março de 1998;

9º. Padre Yanus Bankowisk – Administrador paroquial – 10 de novembro de 1998;

10º. Padre José Luis Garcia de Albuquerque – Administrador paroquial – 05 de novembro de 1999;

11º. Padre Cleomar Bessa da Silva – Administrador paroquial – 05 de janeiro de 2001;

12º. Padre Rogério Corrêa – Administrador Paroquial – 07 de janeiro de 2007;

13º. Padre Sérgio Aparecido Marcos – Pároco – 21 de março de 2010;

14º. Padre Júlio César Sanches Lázaro – 02 de março de 2012;

15º. Padre José Carlos Siqueira – Administrador Paroquial – 01 de abril de 2016.

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online