Marta Fonseca

Violência contra o professor: problema de quem?

Nos últimos anos uma “onda de violência” invadiu as escolas. Agressão verbal, física, bullying e vandalismo hoje fazem parte da rotina escolar. Entre as vítimas, os professores.

A violência que explode na escola, sobretudo contra o professor, nasce das violências que sofremos na vida em sociedade. Nesta sociedade individualista, julgar é mais fácil.

Para uns a culpa é da escola e dos professores. Para outros, da família. A desvalorização do professor e a impunidade também são apontadas. E muito se critica o Estatuto da Criança e do Adolescente, alegando que proíbe os pais de impor limites aos filhos e a escola de puní-los.

Na verdade, cada um analisa a questão de um único ponto de vista: o seu próprio.

A escola é espaço de representação da vida social, que abriga grande diversidade de opiniões, princípios e objetivos. Conciliá-los e quebrar o círculo de violência são grandes desafios.

Na sociedade de consumo em que vivemos o “ter” e o “poder” prevalecem sobre o “ser” e o “conviver”; a vida é banalizada, as relações humanas superficializadas, a violência, naturalizada pelo assédio da corrupção, da criminalidade, das drogas.

É comum que pais recomendem aos professores: “Ele não gosta de ouvir não!”. E que professores respondam: “Ele terá que se ajustar às normas.”

A profissão de professor, antes prestigiada, é agora depreciada, apontada como “fonte de renda extra”.  O próprio conhecimento, no mundo de hoje não é um bem almejado.

É verdade que há impunidade, mas discordo que isso se deva ao ECA, até porque a lei foi criada justamente para quebrar o círculo de violência. O que ela propõe é suplantar a punição com prevenção e responsabilização de quem é de direito.

Educar é tarefa árdua. Requer amor, confiança e presença. De todos. Da família, da escola, da sociedade e do poder público.  Santo Agostinho ilustra muito bem isso quando diz:

“Necessitamos um do outro para sermos nós mesmos”

Marta A. S. Fonseca
Diretora da Escola Municipal Olga Mallouk Lopes da Silva
S. J. Rio Preto – SP

Textos e Artigos Diversos

Textos e Artigos Diversos

Ver todos os posts
Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.