Palavra do Bispo › 10/07/2018

MISSÃO E FAMÍLIA

De 10 a 14 de julho,  na Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra, o quinto Congresso Missionário Americano, CAM 5, com o tema: “A alegria do Evangelho, coração da missão profética, fonte de reconciliação e comunhão.” Do Brasil participaram 250 pessoas provenientes dos 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, entre leigos, seminaristas, religiosas, diáconos, sacerdotes e bispos.

“O objetivo geral do CAM 5 é fortalecer, nas Igrejas das Américas, a identidade e o compromisso com a Missio Ad Gentes, anunciando a alegria do Evangelho a todos os povos, com particular atenção às periferias do mundo de hoje, a serviço de uma sociedade mais justa, solidária e fraterna.”

A Diocese de São José do Rio Preto realiza neste mês de julho três experiências missionárias: de 29 de junho a 8 de julho, os seminaristas realizaram missão vocacional na Paróquia Divino Espírito Santo, em São José do Rio Preto, e na Paróquia São Sebastião, em Guapiaçú. Foi um momento de Deus na vida destas duas paróquias. Nossa gratidão ao Padre Natal e Padre Murilo que acolheram os missionários. Ao Padre Rafael Henrique, assessor da dimensão missionária na Diocese e coordenador destas experiências missionárias, o nosso reconhecimento.

De 13 a 15 de julho, os jovens da Diocese, coordenados pelo Padre Rafael Dalbem, realizam uma “missão jovem” na Cidade Norte, em São José do Rio Preto, na Área Missionária Nossa Senhora da Esperança, na Paróquia Santo Antônio, nos bairros Cidadania, Nova Esperança e Cidade Alta. Acolherão os jovens missionários o Padre Jeová e o Padre Thiago.

Precisamos redescobrir a dimensão missionária de nossa vida de fé, uma expressão de amor a Nosso Senhor Jesus Cristo e uma ajuda à Igreja, nossa mãe e mestra. Ser católico e ser missionário são duas dimensões de um mesmo mistério, inseparáveis e necessárias uma à outra. No caminho dos 90 anos de existência, a Diocese de São José do Rio Preto precisa ser uma Igreja “em saída”, como deseja o Papa Francisco.

Milhares de peregrinos e delegados são esperados no IX Encontro Mundial das Famílias com a participação do Papa Francisco, entre os dias 21 e 26 de agosto, em Dublin, na Irlanda. O tema será: “O Evangelho da família, alegria para o mundo.” O Encontro Mundial das Famílias foi criado em 1994, pelo Papa João Paulo II, e acontece a cada três anos, com o propósito de construir a família segundo o desejo de Nosso Senhor Jesus Cristo. São esperados 40 mil delegados e milhares de visitantes de todo o mundo.

O Estado de São Paulo, Regional Sul 1 da CNBB, realiza em Jales, de 27 a 29 de julho, o XX Congresso da Pastoral Familiar. O tema será: “O Evangelho da família, alegria para o mundo”, em comunhão com o Encontro Mundial das Famílias, em Dublin; ambos, uma ressonância à Exortação Apostólica Amoris Laetitia.

A família é o primeiro espaço para viver a dimensão comunitária da nossa fé, por isso é legitimamente chamada de “Igreja Doméstica”. Como tal, é base segura para a vida em sociedade. Num mundo de tantas tipologias de convivência, é preciso anunciar e salvaguardar o modelo de família apresentado e santificado por Nosso Senhor Jesus Cristo. Esta é a casa do amor, onde se é amado e se aprende a amar, como na Família de Nazaré: Jesus, Maria e José.

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.