Palavra do Bispo › 29/12/2017

O ANO NOVO PODE SER BOM?

O ano de 2018 poderá ser um ano curto: carnaval antecipado e prolongado, campeonato mundial de futebol, ano eleitoral e nove feriados nacionais, sem contar os estaduais e municipais. Se faltar responsabilidade de nossa parte, poderá ser um ano de “circo” com pouca ou nenhuma ação propositiva na construção de dias melhores para o Brasil e o mundo.

Para vivermos bem o ano vindouro, precisamos: de fé em Deus e na pessoa humana; de ação solidária fundada numa fraternidade amorosa que não deixa ninguém pelo caminho; esperança de dias diferentes, pois nada é determinado pelo “destino”, pois a história é fruto de nossa ação consciente e responsável.

Vivemos o Ano Nacional dos Leigos: tempo para avançar em ações propositivas na missão de difundir a pessoa e a palavra de Jesus Cristo entre aqueles com os quais construímos nossa vida, para que a fé cristã não desapareça da terra; tempo de ações transformadoras na sociedade, fundadas na ética da verdade e da responsabilidade, começando pela família, passando pelas organizações da sociedade civil e prolongando em ações políticas regionais, nacionais e mundiais.

Iluminados pela fé, de mãos dadas e esperançosos, em 2018: poderemos caminhar com passos firmes e direcionados, sem nos perdermos nas encruzilhadas na vida; vislumbraremos no horizonte da vida as metas que nos conduzem à felicidade e nos empenharemos em realizá-las; seremos fortes para combater a mentira, o empobrecimento, o roubo e a malandragem que infestam nossa vida pessoal e social.

Agradecidos a Deus pelo ano de 2017, genuflexos em adoração, pedimos a Ele a graça para bem vivermos os dias de 2018. Que o colo terno e materno de Nossa Senhora nos acolha nas horas escuras que viveremos.

Amplexo e todo bem! Vamos começar 2018 “com o pé direito”! Deus nos abençoe! Feliz ano novo!

 

+ Tomé Ferreira da Silva
Bispo Diocesano de São José do Rio Preto/SP

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.