Cnbb › 06/05/2020

Nomeações para o Brasil

 

O Papa Francisco acolheu nesta quarta-feira, 6 de maio, o pedido de renúncia apresentado por dom Antônio Wagner da Silva ao governo pastoral da diocese de Guarapuava (PR). No mesmo ato, o Santo Padre nomeou como bispo titular da mesma diocese dom Amilton Manoel da Silva, atualmente bispo auxiliar na arquidiocese de Curitiba (PR).

 

Novo bispo da diocese de Guarapuava (PR)

Dom Amilton Manoel da Silva, CP, nasceu em 2 de março de 1963, em Osvaldo Cruz (SP). Estudou Filosofia na Universidade Federal do Paraná em Curitiba (1992-1995) e Teologia no Instituto de Teologia de São Paulo-ITESP (1997-2000). Emitiu a profissão religiosa em janeiro de 1997 como membro da congregação da Paixão de Jesus Cristo (Passionistas) e recebeu a ordenação sacerdotal em 17 de dezembro de 2000.

Foi nomeado bispo titular da diocese de Tusuro (Tunísia) e bispo auxiliar da arquidiocese de Curitiba (PR), pelo Papa Francisco, no dia 7 de junho de 2017, sagrado no dia 19 de agosto de 2017, por dom Antônio José Peruzzo e apresentado como Bispo Auxiliar, no dia 08 de setembro de 2017. Na arquidiocese de Curitiba, foi referencial para as comissões de Liturgia, Comunicação, Missão, Juventude e CRB.

 

Novo bispo para a diocese de Nova Friburgo, RJ

A Nunciatura Apostólica comunicou nesta quarta-feira, 6 de maio, a decisão do Papa Francisco em nomear o atual bispo auxiliar de Niterói (RJ), dom Luiz Antônio Lopes Ricci, como bispo titular da diocese de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro. Atualmente, quem está à frente do governo da diocese é o Administrador Apostólico, dom Paulo Antônio de Conto, bispo emérito de Montenegro (RS).

Natural de Bauru, São Paulo, dom Luiz Antônio nasceu no dia 16 de maio de 1966. Foi ordenado presbítero em 10 de julho de 1997 em sua cidade natal e em 10 de maio de 2017 foi designado pelo Papa Francisco como bispo auxiliar de Niterói (RJ), tendo recebido a ordenação episcopal no dia 16 de julho 2017 no Santuário do Sagrado Coração de Jesus em Bauru.

____________________

Fonte: CNBB

 

 

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.