Igreja no Mundo › 18/06/2019

Papa Francisco fala sobre o CHARIS

Pronunciamento do Papa Francisco sobre o CHARIS no primeiro Evento organizado pelo Serviço

Publicado em 8 de junho de 2019 por cernebrasil

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

Sim, Jesus está vivo! Obrigado por lembrarem o quanto eu gosto dessa música.

Nesta Solenidade de Pentecostes começa uma nova etapa no caminho iniciado pela Renovação Carismática há 52 anos. Renovação Carismática que foi desenvolvida na Igreja pela vontade de Deus e que, parafraseando São Paulo VI, “é uma oportunidade para a Igreja” (cf. Discurso aos participantes do III Congresso Internacional da Renovação Carismática Católica, 19 de maio de 1975, Pentecostes).

Em nome da Igreja, agradeço ao ICCRS e à Fraternidade Católica hoje pela sua missão nestes quase 30 anos. Vocês marcaram o caminho e permitiram, com a sua fidelidade, que o CHARIS seja hoje uma realidade. Obrigado!

Agradeço também à equipe de quatro pessoas a quem encomendei a concretização deste novo e único serviço; e o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, na pessoa do Cardeal Farrell, que os acompanhou.

Hoje começa uma nova etapa nesse caminho. Uma etapa marcada pela comunhão entre todos os membros da família carismática, onde se manifesta a poderosa presença do Espírito Santo para o bem de toda a Igreja. Esta Presença faz todos iguais, porque todos e cada um são nascidos do mesmo Espírito; grandes e pequenos, com muitos anos ou recém-nascidos, comprometidos em nível universal ou local, formam o todo, que é superior à parte.

Novo e único serviço de comunhão

Novo. Como lhes disse no Circo Máximo, o “novo” pode desestabilizar.Há no começo uma sensação de insegurança diante das mudanças que o novo pode trazer. É humano ter um certo medo do novo. Não é o caso nas pessoas do Espírito: “Eu faço novas todas as coisas”, diz o Senhor no livro de Apocalipse (21,5).As novidades de Deus são sempre uma bênção, porque vêm do seu coração amoroso. Há sempre a tentação de dizer: “Estamos bem como estamos, estamos indo bem, por que mudar? Vamos deixar como está; sabemos como se faz “. Este pensamento não vem do Espírito, pelo menos não do Espírito Santo, talvez do espírito do mundo … Não caia nesse erro .” Eu faço novas todas as coisas”, diz o Senhor.

Único. Um serviço para todas as realidades carismáticas que o Espírito despertou no mundo. Não é um organismo que serve algumas realidades e outro organismo que serve outras realidades, e um terceiro … e assim por diante.

Serviço. Não governo, serviço. É verdade, sabemos que na Igreja também o governo é um serviço, mas não é o de vocês. A vocês, eu lhes pedi que se ocupem das diversas necessidades e que lhes acompanhem no caminho da melhor maneira possível.

Comunhão. Todos com um coração voltado para o Pai para testemunhar a unidade na diversidade. Diversidade de carismas que o Espírito despertou nesses 52 anos .”Estenda os cordões da tenda”, como diz Isaías 54 (ver v. 2), para que todos os membros da mesma família caibam .Uma família onde há somente um Deus Pai, um Senhor Jesus Cristo e somente um Espírito que vivificante. Uma família na qual um membro não é mais importante do que outro, nem por idade, nem inteligência, nem por suas habilidades, porque todos eles são filhos amados do mesmo Pai. O exemplo do corpo que São Paulo nos dá é muito ilustrativo nesse sentido (cf.1 Co 12, 12-26).

Eu vi que no Serviço Internacional de Comunhão há um representante dos jovens. Me alegro! Os jovens são o presente e o futuro da Igreja. Fico feliz que vocês tenham lhes dado a visibilidade e a responsabilidade que lhes corresponde.

Eu também soube que CHARIS tem o direito de publicar os Documentos Malines agora. Isso é bom. Façam com que sejam conhecidos. Eu lhes disse em várias ocasiões que são o roteiro da corrente da graça.

Vocês me pediram para dizer o que o Papa e a Igreja esperam deste novo serviço, de CHARIS e de toda a Renovação Carismática.

– Que compartilhe com todos na Igreja o Batismo no Espírito Santo. É a graça que vocês receberam. Compartam-na!

– Que sirvam a unidade do corpo de Cristo que é a Igreja, a comunidade dos crentes em Jesus Cristo, o Senhor.

– Que sirvam aos pobres, aos mais necessitados de tudo, física e espiritualmente.

Estes três elementos: o Batismo no Espírito Santo, a unidade do Corpo de Cristo e o serviço aos pobres são o testemunho necessário para a evangelização do mundo, ao qual todos somos chamados pelo nosso batismo. Evangelização que não é proselitismo mas, principalmente, testemunho. Testemunho de amor: “vejam como eles se amam”; foi isso que chamou a atenção daqueles que conheceram os primeiros cristãos .” Veja como eles se amam “.Evangelizar é amar.Compartilhar o amor de Deus por todos.Pode-se criar organismos para evangelizar, pode-se fazer planos pensados e estudados cuidadosamente: Se não há amor… não servem! São inúteis!” Vede como eles se amam”.

Renovação carismática, corrente de graça do Espírito Santo, sejam testemunhas desse amor! Obrigado.

Fonte: cernebrasil

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.