Igreja no Mundo › 03/07/2018

Sínodo Amazônico: avanços para a Igreja

Card. Hummes: “Sínodo Amazônico é para a Igreja de todo o mundo”

“O Sínodo, assim como os grandes eventos e reuniões da Igreja, como o Concílio Vaticano II, sempre trazem avanços para toda a Igreja. Esperamos que também o Espírito Santo ilumine este nosso Sínodo”, afirma o Card. Cláudio Hummes, Presidente da Rede Eclesial Pan-amazônica.

Cristiane Murray – Cidade do Vaticano

As redações do Vatican News foram prestigiadas nesta segunda-feira (02/07) com a visita do Arcebispo emérito de São Paulo e Presidente da Rede Eclesial Pan-amazônica (REPAM). O Cardeal Cláudio Hummes está em Roma, onde participou do Consistório para a criação de novos cardeais, dentre os quais o peruano Dom Pedro Barreto, arcebispo de Huancayo e vice-Presidente da REPAM.

Em meio ao processo de escuta do Povo de Deus, a Rede agora promove as Assembleias territoriais (40 em toda a região pan-amazônica), levando o Documento Preparatório para o exame e as propostas de comunidades, dioceses, prelazias e vicariatos.

Em outubro de 2019, estarão presentes na Assembleia Sinoda, no Vaticano, os bispos titulares de toda a Amazônia, além de representantes de Conferências Episcopais de outros continentes, Igrejas Orientais e da Cúria Romana. Dom Cláudio explica que, neste sentido, o Sínodo para a Amazônia é para toda a Igreja.

“ A Igreja tem que estar consciente da responsabilidade que tem para com o povo da Amazônia, e para aquela realidade inteira. A Amazônia, e sua Igreja, são importantes para todo o mundo ”

“O Sínodo, assim como os Concílios e os grandes eventos e reuniões da Igreja, (como o Concílio Vaticano II) sempre trazem avanços para toda a Igreja. Esperamos que também o Espírito Santo ilumine este nosso Sínodo, para que traga avanços para toda a Igreja”.

“Teremos em agosto o III Encontro da Igreja Católica na Amazônia brasileira, que terá como tema o Sínodo. Lá, o Documento Preparatório para o Sínodo será trabalhado e os bispos serão encorajados a levar de volta para suas dioceses o compromisso de conscientizar o povo a participar com suas sugestões e propostas”.

Addthis Facebook Twitter Google+ PDF Online

Deixe o seu comentário

Você deverá estar conectado para publicar um comentário.