11 de fevereiro: Nossa Senhora de Lourdes, rogai pelos enfermos e profissionais da saúde

11 de fevereiro: Nossa Senhora de Lourdes, rogai pelos enfermos e profissionais da saúde

09/02/2022 Off Por SEDICOM

1992. O Papa, hoje São João Paulo II, não deve ter imaginado que, 30 anos depois, celebrar um dia dedicado aos Enfermos seria tão necessário como agora (no trânsito de uma pandemia). Ainda mais quando se entende que essa ocasião é, igualmente, uma oportunidade para a reflexão acerca da importância dos profissionais que “tocam a carne sofredora de Cristo” na pessoa do irmão doente.

O Assessor Diocesano da Pastoral da Saúde, padre Marcos Vinicius Cavallini, recorda que na sexta-feira, 11 de fevereiro, memória litúrgica de Nossa Senhora de Lourdes, se celebra o 30º Dia Mundial do Enfermo. “Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso (Lc 6, 36). Colocar-se ao lado de quem sofre num caminho de caridade” é o tema da mensagem escrita pelo Papa Francisco (e que pode ser lida, na íntegra, na sequência).

O Pontífice, em sua partilha, destaca a misericórdia e mostra que ela é duplamente caracterizada. “Podemos dizer, cheios de maravilha e gratidão, que a misericórdia de Deus tem nela mesma tanto a dimensão da paternidade como a da maternidade (cf. Is 49, 15), porque Ele cuida de nós com a força dum pai e com a ternura duma mãe, sempre desejoso de nos dar vida nova no Espírito Santo”, escreveu Francisco.

Ainda no contexto da mensagem pelo 30º Dia Mundial do Enfermo, o Santo Padre igualmente dirige uma palavra aos profissionais da área da saúde: “o vosso serviço junto dos doentes, realizado com amor e competência, ultrapassa os limites da profissão para se tornar uma missão. As vossas mãos que tocam a carne sofredora de Cristo podem ser sinal das mãos misericordiosas do Pai”, declarou o Pontífice.

Gesto concreto

Para que o Dia do Enfermo seja bem celebrado, o padre Marcos Cavallini pede que os doentes e os agentes de saúde sejam destacados nas Celebrações Eucarísticas de sexta-feira, 11 de fevereiro, em todas as Paróquias da Diocese de São José do Rio Preto. O Presbítero também indica uma oração comum pelo fim da pandemia. “Queridos irmãos e irmãs, à intercessão de Maria, Saúde dos Enfermos, confio todos os doentes e as suas famílias. Unidos a Cristo, que carrega sobre Si o sofrimento do mundo, possam encontrar sentido, consolação e confiança. Rezo por todos os profissionais de saúde para que, ricos em misericórdia, ofereçam aos pacientes, juntamente com os tratamentos devidos, a sua proximidade fraterna. De coração, a todos concedo a Bênção Apostólica”, concluiu o Papa Francisco em sua mensagem.

TEXTO / FOTO
André Botelho
Jornalista/ Comissão
Diocesana de Pastoral

 

MENSAGEM PELO DIA MUNDIAL DO ENFERMO
Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso (Lc 6, 36).
Colocar-se ao lado de quem sofre num caminho de caridade

Compartilhe: