Como a carta está organizada?

Como a carta está organizada?

14/08/2017 0 Por Diocese de São José do Rio Preto

            A divisão de um escrito bíblico é um valioso instrumento para interpretarmos adequadamente o texto e percebermos a teologia e a intenção do autor. Irei apresentar uma divisão aceita pela maioria dos exegetas, porém, evidentemente, podemos sempre encontrar discordâncias sobre o assunto. A Teologia Bíblica não é uma área de estudos estática, pois sempre apresenta novas percepções, na medida em que se avançam as técnicas de interpretação textual. A 1ª Carta aos Tessalonicenses é constituída por apenas cinco (5) capítulos e se divide da seguinte forma:

a)       Saudação inicial (1,1)

Paulo abre e fecha a sua carta com uma saudação. Menciona os destinatários (Igreja de Tessalônica) e os remitentes (Ele mesmo, Silvano e Timóteo). Sua novidade é a introdução de uma referência a Deus e a Cristo (algumas vezes ao Espírito), talvez expressões provenientes do contexto litúrgico.

b)      1,2 – 3,13: O anúncio do Evangelho em Tessalônica (1,2-3,13)

O apóstolo faz uma contextualização da pregação do Evangelho aos tessalonicenses, agradecendo a Deus pelos frutos de sua missão. Demonstra o seu afeto pela comunidade e o seu desejo de retornar a Tessalônica. Encerra essa parte da carta, com uma oração, na qual antecipa os temas do progresso (4,1.10), do amor (4,9-10) e da santidade (4,3-8).

c)      Exortações e instruções (4,1-5,28)

Paulo faz uma abordagem catequética sobre os diversos pontos sobre os quais desejaria ver progredir a fé cristã dos tessalonicenses como a vida matrimonial, o amor fraterno, a constância na oração e o correto entendimento sobre a Parusia (Vinda do Senhor).

No próximo mês estudaremos sucessivamente os cinco capítulos da 1ª Carta aos Tessalonicenses (1Ts). É fundamental a leitura do texto bíblico, para que, de fato, você possa fazer uma síntese teológica e avançar no conhecimento da Sagrada Escritura.