Diocese de São José do Rio Preto realiza Censo dos Trabalhos Sociais

Diocese de São José do Rio Preto realiza Censo dos Trabalhos Sociais

13/01/2022 Off Por SEDICOM

Considerando a missão da 6ª Semana Social Brasileira (no contexto do “fomentar o Bem Viver como espaço sem desigualdade, discriminação e preconceito”), a Diocese de São José do Rio Preto/SP está realizando o Censo dos Trabalhos Sociais. A meta é concentrar, até 25 de janeiro, as informações acerca das ações realizadas em nome da Igreja em favor dos “Pequeninos de Jesus” (Mt 25, 40). A data escolhida, Festa da Conversão de São Paulo, faz referência ao dia em que se comemora o 93º aniversário de criação da Igreja Particular que, no Noroeste Paulista, conta com 71 Paróquias distribuídas em cerca de 30 municípios.

Em comunhão com o Arcebispo de Ribeirão Preto e Administrador Apostólico local, dom Moacir Silva, o Vigário Geral da Diocese, padre Edvaldo Calazans, constituiu uma comissão para animar a realização do Censo; favorecendo, assim, um “diagnóstico” das iniciativas com a meta de fortalecer os trabalhos, incentivar e articular as lideranças; bem como promover a divulgação dos avanços. “Estamos muito animados com a formulação de um ‘mapa’ da nossa ação social”, disse o padre Calazans.

Dinâmica
A partir da organização diocesana, que conta com sete Regiões Pastorais, foram definidos animadores do Censo para cada setor. Padres e leigos se engajaram no processo que conta, também, com a atuação da secretária de pastoral, irmã Rosangela Fontoura; responsável pela tomada de dados junto às Pastorais e Movimentos.

Para otimizar o processo, um formulário eletrônico foi criado no portal do Bispado de São José do Rio Preto e o link gerado alcançou os 101 padres residentes na Diocese. De fácil preenchimento, as devoluções foram concentradas em uma equipe responsável pela tabulação dos dados.

Resultados
As primeiras informações, ainda não plenamente totalizadas, dão conta de um aumento significativo no número de famílias apoiadas materialmente (em especial com cestas básicas). Também se percebeu, durante a pandemia, o impacto da não realização de atividades presenciais, especialmente com crianças e adolescentes, que tinham nos projetos sociais a possibilidade de acesso ao reforço escolar, esporte e – principalmente – alimentação.

Verificando, igualmente, o aumento do número de desempregados, algumas Comunidades criaram os “Balcões Paroquiais do Emprego”; atuando na aproximação entre quem precisa trabalhar e as empresas que dispõe de vagas abertas. Iniciativas com Moradores em Situação de Rua, Idosos e Gestantes também merecem destaque.

Incentivo
Nessa primeira quinzena de janeiro, o coordenador diocesano de pastoral, padre Luiz Caputo, está visitando os padres responsáveis pela articulação em cada Região da Diocese. Além do incentivo à participação no Censo, está sendo aberto junto às lideranças um canal de diálogo para que a atuação da Igreja, na dimensão social, seja ainda mais significativo. “É um momento importante de escuta, bem no espírito do Sínodo dos Bispos. Queremos conhecer as realidades regionais, animar as ações futuras, mas antes de tudo, agradecer pelo trabalho de cada coordenador de região”, concluiu o padre Caputo.

O resultado do Censo dos Trabalhos Sociais será apresentado no aniversário da Diocese de São José do Rio Preto. O passo futuro, após a divulgação, será a realização de encontro como os responsáveis pelas iniciativas nessa “jornada sociotransformadora”.

 

TEXTO / FOTOS
André Botelho
Jornalista/ Comissão
Diocesana de Pastoral

Compartilhe: