Faleceu aos 85 anos monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

Faleceu aos 85 anos monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

13/12/2022 Off Por SEDICOM

Monsenhor Jonas Abib foi o fundador da Comunidade Canção Nova e presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação e da Rede de Desenvolvimento Social Canção Nova.


Silvonei José – Vatican News

A Comunidade Canção Nova, informou, através de um comunicado, sobre o falecimento do seu fundador, monsenhor Jonas Abib, 85 anos, ocorrido na noite desta segunda-feira, 12 de dezembro de 2022, às 22h14, em sua residência em Cachoeira Paulista (SP).

A causa da morte do sacerdote foi insuficiência respiratória por bronco-aspiração e disfagia motora. Desde maio de 2021, monsenhor Jonas estava em tratamento quimioterápico de um mieloma múltiplo.

O velório será realizado nesta terça-feira, 13 de dezembro, e seguirá até quinta-feira, 15 de dezembro,  na Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP).

Natural de Elias Fausto (SP), monsenhor Jonas Abib é um dos religiosos que se destacou na ação evangelizadora da Igreja Católica na América Latina, utilizando os meios de comunicação social e na realização de grandes eventos de evangelização.

Na conclusão do comunicado a frase: “Felizes os que morrem no Senhor; doravante, diz o Espírito, descansem de suas fadigas, porque suas obras os acompanham” (Ap 14,13).

 

Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

Monsenhor Jonas Abib, junto com a Canção Nova, sempre foi um grande amigo da Rádio Vaticano. Os sentimentos e orações de toda a redação da Rádio Vaticano – Vatican News pelo falecimento de um irmão de fé.

A história de Jonas Abib

Monsenhor Jonas Abib foi o fundador da Comunidade Canção Nova e presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação e da Rede de Desenvolvimento Social Canção Nova.

Foi um dos religiosos que mais se destacou na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina, utilizando os meios de comunicação, e com a realização de grandes encontros de evangelização.

Foi pregador, músico, escritor e articulista do Portal e da Revista Canção Nova. Ocupou o cargo de vice-presidente da Diretoria Executiva da Fraternidade Católica Internacional, órgão ligado ao Pontifício Conselho para Leigos da Santa Sé, em Roma, e foi um dos membros do Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica no Brasil (RCC).

Nasceu no dia 21 de dezembro de 1936, na cidade de Elias Fausto (SP). É filho de Sérgio Abib, de ascendência sírio-libanesa, e de Josepha Pacheco Abib, de ascendência italiana.

Aos 12 anos, mudou-se para o município de Lavrinhas (SP) para iniciar os estudos na Congregação Salesiana. Estudou Filosofia no Instituto Salesiano de Filosofia e Pedagogia, em Lorena (SP), e Teologia no Instituto Teológico Salesiano Pio XI, em São Paulo (SP). Foi ordenado sacerdote em 1964 e adotou o lema “Feito tudo para todos”.

Monsenhor Jonas iniciou seus trabalhos com os jovens promovendo encontros e retiros para a juventude de São Paulo (SP). Depois de ingressar na Renovação Carismática Católica (RCC), em 1971, empenhou-se ainda mais no trabalho com a juventude.

Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

No dia 2 de fevereiro de 1978, fundou a Comunidade Canção Nova, que tem a missão de evangelizar comunicando Jesus e a vida nova que Ele veio trazer, por meio de encontros e meios de comunicação social. Dois anos depois, inaugurou a Rádio Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), e em 1989, a TV Canção Nova.

Em 2002, Monsenhor Jonas Abib encontrou-se com o Papa João Paulo II, o que foi, para ele, a confirmação de sua missão. Em 2006, recebeu o prêmio Santa Clara, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pelo documentário Concílio Vaticano II, produzido pela TV Canção Nova.

Aos 70 anos, gravou o DVD “Como é linda a nossa família”. O show foi realizado no teatro da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende (RJ) e lançado no dia 2 de fevereiro de 2008, quando a Comunidade completou 30 anos. O trabalho apresenta algumas músicas consagradas em sua caminhada na música católica, que se iniciou na década de 1970, com seu primeiro LP “O Amor Vencerá” .

 

Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

No dia 17 de outubro de 2007, recebeu do Vaticano o título de Monsenhor, a pedido de Dom Benedito Beni dos Santos, então bispo da Diocese de Lorena (SP), da qual a Canção Nova faz parte. Um reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à Igreja e ao povo de Deus.

Em janeiro de 2010, ele pôde celebrar a admissão da Canção Nova, oficialmente, na Família Salesiana, aprovada pelo Conselho Geral dos Salesianos, em Roma. O Reconhecimento Pontifício Definitivo da Comunidade Católica aconteceu em 29 de junho de 2014, dia da Solenidade de São Pedro e São Paulo. No mesmo ano, foi realizada a Cerimônia de Dedicação do Santuário do Pai das Misericórdias, na sede da Canção Nova e também celebrados os 50 anos de sacerdócio de Monsenhor Jonas Abib.

Outro título recebido por ele foi o de Doutor Honoris Causa em Comunicação Pastoral, outorgado pelo Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium – UniSalesiano, em 31 de março de 2017.

 

Monsenhor Jonas Abib
Monsenhor Jonas Abib

 

NOTA DE PESAR

O Regional da Sul 1 da CNBB emitiu uma nota:

“Fiz-me tudo para todos!” (1Cor 9,22)
​Momento de dor e consternação ao comunicarmos o falecimento do Monsenhor Jonas Abib. O Monsenhor Jonas, pai e fundador da Comunidade Canção Nova, sacerdote ordenado no dia 8 dezembro de 1964, que a partir de uma experiência de oração, já no início de sua Vida Religiosa, encontra nas palavras de Dom Antonio Afonso de Miranda, à época Bispo Diocesano de Lorena, o desafio para a tarefa – colocar em prática a Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi: “é hora de evangelizar, comece no seu trabalho com os jovens. Faça alguma coisa!”. Muitos empreendimentos… os encontros no período do carnaval – os rebanhões – a evangelização pelos meios de comunicação, o Rádio, a TV e hoje o Sistema Canção Nova de Comunicação.
​Em Cachoeira Paulista, a Comunidade Canção Nova, “pedacinho do céu”, se firma como grande trabalho e polo irradiador do Evangelho, obtendo o Reconhecimento Pontifício em 2008: Associação Internacional Privada de Fiéis.
​A Igreja Particular de Lorena, enlutada, mas grandemente agradecida pelo contributo do Monsenhor Jonas Abib, reza pelo seu descanso junto daqueles que estão “de pé diante do Trono do Cordeiro”, e suplica ao Pai das Misericórdias que conforte e dê serenidade aos familiares, aos filhos espirituais, aos amigos, nessa hora de dor e separação, sustentados pela fé na certeza da Ressurreição!
Como se canta no hino de Compromisso: “Não dá mais pra voltar…, o barco está em alto mar!”
​O legado deixado pelo Monsenhor Jonas seja corajosamente levado adiante por aqueles que de modo mais próximo o acompanharam, bem como o número grandioso de colaboradores que mantém esta obra que tanto bem tem feito à Igreja, inspirados no seu lema para a vida sacerdotal.
​A Mãe da Piedade, que traz o Filho sem vida nos braços, nos aconchegue a todos no seu colo materno!

Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias
Bispo Diocesano de Lorena

 

Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Azevedo de Oliveira, expressou suas condolências: “O monsenhor Jonas Abib é uma referência imorredoura de homem de Deus apaixonado por Jesus Cristo. Constituiu pela força de sua fé testemunhada uma rica herança no caminho missionário da Igreja, fonte de inspiração. Em comunhão de preces e amizade, nos unimos aos membros todos de  sua obra, iluminados pela certeza que ouviu de seu Redentor: “Servo bom e fiel, entra na alegria de teu Senhor”’.

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, expressou seus sentimentos. “Em monsenhor Jonas sempre vi a garra, a coragem, a firmeza em anunciar o Evangelho, buscando testemunhar e transmitir a alegria de poder entoar um canto novo, uma canção nova ao Deus da vida. Que o monsenhor Jonas seja recebido nas alegrias eternas”, manifestou.

Uma recordação do Padre Zezinho, scj, de monsenhor Abib nas redes sociais:

Quando ter ou não ter
Já não faz diferença
Quando amar e servir
Dá sentido ao nosso viver

Quando ser ou não ser
Se transforma num grande porquê
Talvez estejamos prontos pro céu
Talvez estejamos prontos
em fim para entender

E  para  sermos quem somos
Foi pra isso que Deus nos criou

O justo brilhará
O justo brilhará
O justo brilhará como sol

E a luz de Deus  no seu rosto resplenderá
E a luz de Deus no seu rosto resplenderá!

**

 

Matéria retirada do site: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2022-12/faleceu-anos-monsenhor-jonas-abib-fundador-cancao-nova.html

 


Publicação

Marcos Perussi

Cúria Diocesana

Compartilhe: