QUARESMA E SEMANA SANTA

QUARESMA E SEMANA SANTA

22/03/2018 0 Por Diocese de São José do Rio Preto

Neste mês de Março, estamos inseridos no Tempo Quaresmal e, no final dele, iniciaremos a Semana Maior, a Semana Santa. Ao longo deste texto, proponho a você uma reflexão acerca destes dois períodos importantes na vida da Igreja e que sirvam de caminhos para viver bem estes momentos. No tempo da Quaresma, o canto litúrgico se reveste do luto, da ausência do “glória” e do “aleluia”, um canto sem flores e sem as vestes da alegria, um canto “das profundezas do abismo”, em que nos colocaram nossos pecados (Sl 130); um canto de quem suplica a misericórdia do Senhor (Sl 51,3)[1]. A música neste tempo deve ressoar em nossos corações para que nos seja dado a alegria de sermos salvos (Sl 50,14). Andar neste caminho em busca da conversão é uma tarefa difícil, por isso, a música litúrgica nos ensina, na poesia da letra e na melodia, que devemos voltar nosso olhar para Deus e pedir o seu perdão. A apostila da Campanha da Fraternidade deste ano – que recomendo para nossas celebrações -, brinda-nos com cânticos que cantam a conversão, a comunhão em sermos todos irmãos e a certeza da Ressurreição. Cantar a quaresma é saborear a alegria da passagem da morte para a vida, do pecado para a misericórdia de Deus. Finalizando a quaresma, adentramos em Jerusalém cantando “Hosana ao Filho de Davi” (Mc 11, 9), dando início à Semana Santa com a alegria de recebermos o Rei de Israel. Na ceia do Senhor, cantamos e fazemos memória da aliança selada no Corpo e Sangue; ferido por causa de nossos pecados (Is 52, 5) entoamos o silêncio do Gólgota e suplicamos para que os celebrantes se voltem para o Senhor. A escuridão do dia está sobre nós, mas o Fogo Novo “dissipa as trevas do nosso coração”[2] e faz brilhar sobre nós a Luz da Ressurreição. É Páscoa! “Ele ressuscitou!” (Mc 16, 6). A você, caro leitor, irmão e irmã, feliz e santa Páscoa!

[1] VELOSO, Reginaldo. Introdução ao Hinário Litúrgico da CNBB, Volume II – Ciclo da Páscoa, São Paulo: Paulus, p. 7.
[2] Missal Romano, Vigília Pascal, Lucernário.