Tríduo de Santa Clara

Tríduo de Santa Clara

04/08/2021 Off Por Clara Souza

Nos dias 8, 9 e 10 de Agosto, na Capela Santa Clara da Paróquia Imaculada Conceição, com o pároco padre Luciano, pertencente a nossa Diocese de São José do Rio Preto, será realizado o tríduo de Santa Clara, pois a memória litúrgica desta santa é celebrada no dia 11 de Agosto. Participe do tríduo com a Santa Missa, não se esqueça de ir com máscara.

 

 

 

ORAÇÃO DO TRÍDUO A SANTA CLARA

 

Oração inicial (para todos os dias)

V. Vinde, ó Deus, em Nosso auxílio.
R. Socorrei-nos sem demora.
Glória ao Pai…

Oh, Santa Clara, seguidora fiel do Cristo Crucificado, amante da Santa Pobreza e portadora das virtudes do Senhor, olhai afetuosamente para a nossa Comunidade/Famlia que com tanta devoção busca sua intercessão.

Ouvi as nossas súplicas e atendei-nos, pois confiantes recorremos a vossa diligente mediação. Necessitadas das bênçãos do Senhor rogamos-vos que alcanceis de Cristo a saúde espiritual e corporal o mundo seja abençoado com santas vocações.
Que Maria Mãe da Divina Providência nos ensine o caminho da docilidade, do amor e do verdadeiro serviço a Cristo e a Sua Igreja. Amém!

 

Reflexão 1º dia:

Ó feliz Pobreza,
Que conferes riquezas eternas
Àqueles que a amam e abraçam.

Ó santa Pobreza,
Àqueles que a tem e desejam,
Deus promete o Reino dos céus
E se apresenta, sem dúvida, a glória eterna
E a vida bem-aventurada
Ó pia Pobreza,
Que o Senhor Jesus Cristo
Dignou-se abraçar, mais do que tudo.
Ele que regia e rege o céu e a terra.
Ele, por cuja por cuja palavra foram criados.

Pois as raposas, disse ele, tem suas tocas
E as aves do céu seus ninhos,
Mas o Filho do Homem, isto é, Cristo,
Não tem onde reclinar a cabeça.
Mas, tendo inclinado a cabeça, entregou o espírito.

Se, pois, tal e tão grande Senhor, descendo ao útero da Virgem, quis aparecer no mundo, desprezado, indigente e pobre, a fim de que os homens, os mais pobres e indigentes, sofrendo demasiada indigência de alimento celestial, se tornassem n’Ele ricos detentores de Reinos celestes, exultai e alegrai-vos muito, cheia de grande júbilo e alegria espiritual, porque, tendo-vos agradado mais desprezar o muno do que ter suas honras, seguir a pobreza do que as riquezas temporais, guardar tesouros no céu do que na Terra, onde nem a ferrugem consome nem a traça destrói, nem ladrões arrombam e roubam a vossa recompensa no céu será abundante, pois merecestes ser chamada, com quase toda dignidade, de irmã, esposa e mãe do Filho do Pai Altíssimo e da Virgem Gloriosa. (1ª Carta a Inês de Praga)

Rezar: 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória ao Pai.

 

 

Reflexão 2º dia:

Creio, pois, firmemente, que estais a par de que o Senhor promete o Reino dos céus e o dá só aos pobres, pois o amor das coisas temporais leva à perda dos frutos da caridade: não é possível servir a Deus e ao dinheiro, pois ou há de amar um e odiar o outro, ou há de servir a um e desprezar o outro; é que o vestido não pode pelejar contra o nu, pois logo será jogado por terra aquele que não tem onde segurar-se, como, também, não pode permanecer glorioso no mundo e lá reinar com Cristo; pois, antes, um camelo poderá passar pelo buraco de uma agulha do que um rico subir ao Reino dos céus. E, assim, despistes as vestes, a saber, as riquezas temporais para não sucumbirdes completamente à relutância e, pela via árdua e pela porta estreita, poderdes entrar no Reino dos Céus.

Grande, com efeito, e louvável é a troca:
Abandonar as coisas temporais pelas eternas,
Merecer os bens celestes em troca dos terrenos,
E possuir uma vida feliz para sempre.
(Santa Clara, 1ª Carta a Inês de Praga)

Rezar: 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória ao Pai.

 

 

Reflexão 3º dia:

Entre outros benefícios que temos recebido e ainda recebemos diariamente da generosidade do Pai de toda misericórdia (cfr. 2Cor 1,3) e pelos quais mais temos que agradecer ao glorioso Pai de Cristo, está a nossa vocação que, quanto maior e mais perfeita, mais a Ele é devida. Por isso diz o Apóstolo: “Reconhece a tua vocação” (cf. 1Cor 1,26). O Filho de Deus fez-se para nós o Caminho (cf. Jo 14,6; 1Tm 4,12), que nosso bem-aventurado pai Francisco, que o amou e seguiu de verdade, nos mostrou e ensinou por palavra e exemplo. Por isso, queridas Irmãs, devemos considerar os imensos benefícios que Deus nos concedeu, mas, entre outros, aqueles que Ele se dignou realizar em nós por seu dileto servo, nosso pai São Francisco, não só depois de nossa conversão, mas também quando estávamos na miserável vaidade do mundo. (Testamento de Santa Clara)

Rezar: 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória ao Pai.

 

 

Ladainha de Santa Clara

Senhor tende piedade de nós. R. Senhor tende piedade de nós.
Cristo tende piedade de nós. R. Cristo tende piedade de nós.
Senhor tende piedade de nós. R. Senhor tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai, do Céu, tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade que sois um só Deus, tende piedade de nós.
Santa Maria, Serva do Senhor, Rogai por nós.
São José, Patriarca da Igreja,
São Miguel, Príncipe da Milícia Celeste,
São Francisco, amante da pobreza,Santa Clara 2
Santa Clara, Esposa do Crucificado,
Santa Clara, Amante do Santíssimo Sacramento,
Santa Clara, Mulher do Sagrado Evangelho,
Santa Clara, Seguidora de São Francisco,
Santa Clara, Princesa dos pobres,
Santa Clara, Duquesa da humildade,
Santa Clara, Reflexo do espelho que é o Cristo,
Santa Clara, Amante da castidade,
Santa Clara, Abadessa da penitência,
Santa Clara, Mulher adornada pelas virtudes,
Santa Clara, Alabastro aos pés de Jesus,
Santa Clara, Recebida na morte por um coro de virgens,
Santa Clara, Turíbulo de doce perfume enchendo o céu e a terra,
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.
V. Rogai por nós, Santa Clara de Assis.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Oremos:

Oh! Deus que escolheu e abençoou Santa Clara, fazendo-a brilhar como uma lâmpada de santidade para iluminar o caminho de uma multidão de virgens, fazei também que nós sejamos dignas de tamanha graça. Por seus méritos e virtudes concedei-nos que nesta vida possamos caminhar na vossa luz, e depois da vida chegar a apreciar a luz de Vossa Face. Amém!

 

BENÇÃO DE SANTA CLARA

“O Senhor Todo-Poderoso vos abençoe, volte para vós os seus olhos misericordiosos e vos dê a sua Paz. Derrame sobre vós graças em abundância e, no céu, vos coloque entre seus santos. Que o Senhor esteja sempre convosco e que vós estejais sempre com Ele. O Senhor vos abençoe!”

Compartilhe: