Por uma sociedade humana

Por uma sociedade humana

08/05/2018 0 Por Diocese de São José do Rio Preto

 

Bispo do Porto: construção de uma sociedade humana

Na Missa da Bênção das Pastas dos finalistas universitários, D. Manuel Linda, bispo do Porto apelou para a construção de uma sociedade humana dizendo que Deus é o “amor que nos quer a todos como irmãos, em ordem a constituirmos uma comum família humana”.

Rui Saraiva – Porto

No Porto, em Portugal foram milhares os fiéis que estiveram na Bênção das Pastas dos estudantes universitários finalistas, que decorreu neste domingo dia 6 de maio.

Em pleno início da semana da Queima das Fitas, foi no Largo do Amor de Perdição que o bispo do Porto falou de um Deus que é amor. Um Deus que permite que sejamos seus filhos através de Jesus. Pois, “sem Jesus não o atingiríamos” – afirmou.

Segundo D. Manuel Linda “a obra da Igreja ao longo destes dois mil anos é espalhar esta notícia: de que Deus é este amor que nos quer a todos como irmãos, em ordem a constituirmos uma comum família humana.”

D. Manuel Linda lembrou o “reconhecimento dos direitos humanos e da vida humana da conceção até à morte natural” e frisou que para esta “tarefa de fazer desta humanidade uma só família, a Igreja conta com todos os saberes e com todas as colaborações”.

Mas “só um coração humano pode fazer uma sociedade humana” – referiu o bispo do Porto que fez um apelo de missão a todos os estudantes pedindo para serem protagonistas de mudança: “”Queridos jovens, por favor, não olhem para a vida a partir da varanda, entrem na vida. Caros jovens, não olheis para a vida a partir da varanda, para ver quem passa, sejam aqueles que passam, para fazer desta vida uma vida mais humana”.

“Pensai nos outros” – assinalou o bispo do Porto fazendo um convite aos estudantes para estarem atentos a um chamamento de Deus para uma vocação religiosa: “Porventura, não sabereis que nós na Igreja temos muitas vagas por preencher para o ministério sacerdotal e para outras funções dentro da Igreja. Alguns de vós sentem o chamamento? Seria muito agradável que algumas vagas fossem preenchidas por vós.”

D. Manuel Linda saudou calorosamente também as mães dos finalistas presentes na Eucaristia por ser aquele domingo o Dia da Mãe: “As pastas que tendes neste momento no ar são um tributo às vossas mães. Eu convosco saúdo cada uma das vossas mães”.

Bispo do Porto com os universitários