Domingo da Palavra de Deus: “Nós vos anunciamos o que vimos” (1 Jo 1,3)

Domingo da Palavra de Deus: “Nós vos anunciamos o que vimos” (1 Jo 1,3)

20/01/2023 Off Por SEDICOM

No 3º Domingo do Tempo Comum, dia 22 de janeiro, a Igreja é convidada a celebrar o Domingo da Palavra de Deus. A data, instituída pelo Papa Francisco, alcança a sua 4ª edição. Foi em 2019 que o Santo Padre apresentou ao mundo a Carta Apostólica Aperuit illis (disponível na sequência) com a qual sublinhou uma data para “fazer a Igreja reviver o gesto do Ressuscitado que abre, também para nós, o tesouro da sua Palavra, para podermos ser no mundo arautos desta riqueza inexaurível”, escreveu o Pontífice naquela ocasião.

Para esse ano, um subsídio foi preparado. “Ele oferece iniciativas para favorecer um encontro profundo com a Palavra de Deus na Comunidade, na família, na vida diária, e também inclui artigos, meditações, textos para adoração, atividades para crianças e sugestões pastorais”, destacou o portal Vatican News em matéria publicada em 16 de janeiro.

Testemunho diocesano
O padre Hallison Henrique de Jesus Parro, mestre em Teologia Bíblica e professor do Seminário Maior Sagrado Coração de Jesus, é o responsável pelo Setor de Animação Bíblica da Pastoral na Diocese de São José do Rio Preto. Segundo ele, a missão do segmento é fazer com que os Católicos redescubram a centralidade da Palavra de Deus presente na Sagrada Escritura e na vida da Igreja.

Considerando a convocação do Papa Francisco, o padre reflete que o objetivo da iniciativa é fomentar, em toda a Igreja e no mundo, o amor à Sagrada Escritura. “Para nós, aqui no Brasil, talvez não surpreendamos tanto porque já temos, há mais de 50 anos, o Mês da Bíblia. Porém, isso em outros países, é uma verdadeira novidade”, indicou o presbítero.

Sobre a escolha do 3º Domingo do Tempo Comum para destacar a Palavra de Deus, ela se dá, segundo o padre Hallison, pelo gesto de Jesus de passar e chamar os discípulos ao seguimento. “Isso quer dizer que não existe discipulado sem escuta e celebração da Palavra. É um convite para valorizarmos tudo isso”, completou. “A Pontifícia Comissão para a Nova Evangelização preparou um subsídio litúrgico-pastoral (disponível na sequência) para as pessoas celebrarem esse Domingo em suas casas e em suas Comunidades. Eu aconselho que você, em sua casa, coloque a Sagrada Escritura em lugar de destaque e leia com a sua família o Evangelho deste domingo. Seria bom que nós, católicos, pudéssemos, antes da Santa Missa, ler os textos que nos são propostos. Assim vamos fazendo, da Sagrada Escritura, centro e alimento da nossa vida de fé”, concluiu o padre Hallison.

“Nós vos anunciamos o que vimos”

A partir do tema para o Domingo da Palavra de Deus, o Papa Francisco presidirá a Missa do 3º Domingo do Tempo Comum, na Basílica de São Pedro, às 9h30 da manhã pelo horário de Roma. A Celebração será transmitida, com comentários em Língua Portuguesa, pelo site Vatican News (www.vaticannews.va). Durante o encontro 3 fiéis receberão o Ministério do Leitorado e outros sete o de Catequista. “Possa o domingo dedicado à Palavra fazer crescer no povo de Deus uma religiosa e assídua familiaridade com as sagradas Escrituras, tal como ensinava o autor sagrado já nos tempos antigos: esta palavra “está muito perto de ti, na tua boca e no teu coração, para a praticares” (Dt 30, 14)”, finalizou o Santo Padre em sua Carta Apostólica Aperuit illis. “Que a gente possa, realmente, reconhecer a presença da Palavra de Deus em nossa Comunidade, na família e na vida cotidiana para sermos, verdadeiramente, anunciadores de sua Palavra; pois a gente anuncia aquilo que a gente viu. A gente anuncia aquilo que a gente experimentou no seguimento da pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo”, finalizou o padre Hallison.

TEXTO | ARTE
André Botelho
Jornalista / Assessor de Imprensa da
Diocese de São José do Rio Preto

 

SUBSÍDIO LITÚRGICO-PASTORAL 
Domingo da Palavra de Deus

 

CARTA APOSTÓLICA SOB FORMA DE MOTU PRÓPRIO
APERUIT ILLIS

Compartilhe: